Inicial / Games / E3 FAIL! Os momentos mais constrangedores da feira de games

E3 FAIL! Os momentos mais constrangedores da feira de games

Nem só de grandes anúncios e momentos históricos é feita a E3. Ao longo dos anos, o evento de games foi acumulando situações constrangedores não só para quem assistia, mas também para quem estava no palco.

Os motivos são vários: desde problemas técnicos até empolgação exagerada e decisões artísticas questionáveis. Em vez de esquecer esses “fails”, decidimos relembrar e pensar positivo: se não são o melhor exemplo de humor, pelo menos servem de lição para que ninguém repita o erro no futuro.

Controle do Wii falhando ao vivo (2010)

Em 2010 a Nintendo ainda fazia apresentações grandiosas no palco da E3, hipnotizando fãs a cada novo anúncio de suas consagradas franquias. A bola da vez naquele ano era “The Legend of Zelda: Skyward Sword“, que prometia trazer o melhor da franquia somado às novas possibilidades que o Wii Remote trazia com seus sensores de movimento.

Só que a apresentação foi um balde de água fria, já que os controles não funcionaram direito, apresentando problemas de latência e principalmente precisão nos movimentos. Nem mesmo o carisma de Shigeru Miyamoto salvou a apresentação. O gênio da Nintendo tentava desesperadamente acertar os inimigos com as flechas, mas nada parecia funcionar. Com certeza uma apresentação para se esquecer.

Battle Tag Ubisoft (2010)

Também em 2010, a Ubisoft protagonizou um dos momentos mais embaraçosos da E3. O apresentador Joel McHale não conseguiu disfarçar suas expressões de constrangimento quando atores entraram no palco atirando uns nos outros com pistolas a laser de plástico, com expressões exageradas e algumas piruetas.

Era o anúncio de “Battle Tag”, que era uma versão supercara dos clássicos Laser Tag. Joel teve que participar da brincadeira, e as pessoas que estavam assistindo a apresentação pareciam querer ir embora. O mais engraçado é que esse é só um dos momentos “únicos” que a Ubisoft proporcionou na história da E3.

Wii Music (2008)

Em 2008 a Nintendo teve a “brilhante” ideia de colocar adultos para protagonizar o anúncio de “Wii Music”. Um time de desenvolvedores e executivos da empresa subiu ao palco como uma banda, todos munidos dos seus Wii Remotes como instrumentos. No repertório, a música tema de Mario.

Desde o baterista fazendo um “air drumming” até Miyamoto tentando parecer empolgado com a apresentação, tudo foi bastante constrangedor e sem o impacto que a Nintendo provavelmente esperava. O silêncio da plateia antes, durante e depois da apresentação é ensurdecedor. Ainda assim, o Wii continuou a vender como nunca e disparou no ranking daquela geração.

“Assassin’s Creed Black Flag” na conferência da Sony (2013)

Em 2013 a Ubisoft apresentou ao mundo “Assassin’s Creed Black Flag“, que ficaria conhecido como um dos melhores jogos da série. Naquele momento, no entanto, não foi essa a impressão que ficou.

O gameplay do jogo foi mostrado na conferência da Sony e teve diversos problemas técnicos, como quedas de frames e pequenas travadas. A cereja do bolo veio no final, quando o PS3 travou de vez durante uma cutscene e o final da apresentação foi abortado. Só nos resta lamentar pelo rapaz que fiou responsável por jogar no palco.

“Battlefield 4” na conferência da Microsoft (2013)

Naquele mesmo 2013, a Microsoft também sofreu com problemas técnicos durante sua conferência, deixando o CEO da DICE em maus bocados enquanto anunciava o muito aguardado “Battlefield 4“. Ele falava dos sistemas únicos do novo título e da experiência nos seus vários modos de jogo, quando chegou a hora de chamar o trailer.

O problema é que o vídeo começou sem nenhum áudio, travou e ele teve que se virar no palco para entender o que fazer. Ele tentou sair do palco, mas pediram para ele ficar, enquanto tudo se desenrolava e a plateia ria. Embaraçoso para dizer o mínimo. Pelo menos, o trailer rodou normalmente depois.

Genji 2 no anúncio do PS3 (2006)

A E3 de 2006 foi sombria para a Sony. O anúncio do PS3 foi um fracasso, com um preço de lançamento muito acima do mercado e uma coletânea de jogos sem graça, insuficiente para impulsionar as vendas.

Um dos pontos mais baixos da apresentação foi “Genji 2”, que começou prometendo um jogo baseado em eventos da história japonesa e colocou samurais estereotipados para lutar contra caranguejos gigantes em um gameplay absolutamente maçante e sem apelo para a audiência. O auditório começou e terminou a apresentação em silêncio.

Conferência da Konami (2010)

Em 2010 a Konami fez a pior conferência da história da E3. A impressão foi que houve pouco ou nenhum planejamento para o evento, que começou com a música falhando, teve desenvolvedores que mal conseguiam se comunicar com a audiência ocidental e contou com alguns momentos para lá de constrangedores.

Não dá para eleger o pior momento: se foi a dança, os pedidos de aplauso de Tak Yuji para a plateia ou os lutadores de luta-livre no palco tentando empolgar a galera. É tão constrangedor que é difícil assistir até o final.

Flautista na Conferência da Sony (2018)

No ano passado a Sony não tinha muito para mostrar, e sua conferência foi muito criticada por ser curta. Para tentar estender esse tempo, a empresa contou com um número musical com um flautista tocando um instrumento raro da cultura japonesa, o que a princípio parecia bem legal, já que o jogo que viria a ser mostrado era “Ghost of Tsushima“.

O problema foi que a apresentação se estendeu demais, sem que nada no telão ao fundo ajudasse o músico. O instrumento sozinho não soava emocionante ou interessante, e a plateia sequer entendeu o que aconteceu quando a apresentação acabou. O resultado na internet foi uma chuva de memes.

Bônus

Por último, alguns capítulos menores que merecem uma menção honrosa. Como, por exemplo, “Mr. Caffeine” (Aaron Priceman) fazendo piadas com órgãos genitais e Wii Remotes na apresentação da Ubisoft…

… ou o anúncio exageradamente empolgado de “Peggle 2”.

[=]

Veja também!

Saiba de onde vem o rumor de que GTA 6 será ambientado na Flórida – Observatório de Games

Tudo indica que procede a parada da Califórnia, mas de onde veio essa conversa? Imagem: …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: